Sisu 2018

Sisu 2018: Menor número de inscrições da história

9 de Fevereiro de 2018
Sisu 2018: Menor número de inscrições da história
4.5 (90%) 2 votes

Sisu 2018: Menor número de inscrições da história, pois nesta edição houve menos inscrições que nas outras edições, apesar de o número de vagas oferecidas ser o maior da seleção.

Na primeira edição do Sisu 2018 foram 2.117.908 estudantes inscritos. O total de inscrições chegou a 4.122.654, já que cada participante pôde fazer até duas opções de curso. Foram oferecidas 239.716 vagas, distribuídas em 130 instituições.

Inscrições por modalidades de vagas Sisu 2018

Conforme dados do MEC, as vagas da ampla concorrência receberam 1.986.949 inscrições no SiSU 2018/1, da Lei de Cotas para estudantes de escolas públicas receberam 1.703.660 inscrições e outras 433.936 inscrições foram para vagas de ações afirmativas.

Inscrições por Estados Sisu 2018

De acordo com o MEC, Minas Gerais é o estado com o maior número de inscritos no SiSU 2018/1. Mais de 538 mil mineiros se inscreveram no SiSU 2018/1, logo a frente do Rio de Janeiro (332 mil) e São Paulo (299 mil). O estado com menos inscritos é Roraima, 14 mil.

Instituições mineiras foram as mais procuradas do SiSU 2018/1

Universidades mais procuradas Sisu 2018

Conforme informações do MEC, entre as dez instituições com o maior número de candidatos, nove são universidades federais. A de Minas Gerais (UFMG) lidera a lista com 155.386 inscrições, seguida da federal do Ceará (UFC) com 145.638 e de Pernambuco com 122.175.

Sisu 2018: Cursos mais procurados

Conforme informações do MEC, os cursos que mais receberam inscrições foram Medicina, Administração, Direito, Pedagogia e Educação Física. Veja abaixo o número de inscrições:

Medicina: 235.508 inscrições
Administração: 211.413
Direito: 218.470
Pedagogia: 199.300
Educação Física: 146.575
Enfermagem: 136.343
Ciências Biológicas: 107.525
Psicologia: 102.807
Ciências Contábeis: 92.778
Medicina Veterinária: 78.556

Maiores Notas de Corte Sisu 2018

Ainda conforme o MEC, a maior nota de corte registrada foi no curso de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), que exigiu 819,92 na média do Enem. Entre os dez primeiros, sete são de Medicina, dois de Engenharia e um de Física.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply