SiSU 2017

UFMG divulga mais de 6000 vagas para o Sisu 2017

30 de novembro de 2016
Avalie esta postagem

UFMG divulga mais de 6000 vagas para o Sisu 2017, pois está disponível para consulta edital complementar, que regulamenta o preenchimento das vagas nos cursos de graduação da UFMG, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), primeira edição de 2017.

UFMG divulga mais de 6000 vagas para o Sisu 2017

O documento, aprovado pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe), informa que, para concorrer às vagas oferecidas pela UFMG; cujo ingresso será no próximo ano, o candidato deverá; obrigatoriamente:

-Ter participado da edição de 2016 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem);

-Efetuar sua inscrição no Processo Seletivo Sisu – primeira edição de 2017; conforme normas que constarão de edital a ser publicado pela Secretaria de Educação Superior do Ministério de Educação (MEC).

De acordo com a diretora do Departamento de Registro e Controle Acadêmico (DRCA), Daniele Zárate, outras informações serão divulgadas após a publicação do respectivo edital pelo Ministério da Educação.

Vagas oferecidas no Sisu 2017

A UFMG oferecerá 6.279 vagas em seus cursos de graduação, em Belo Horizonte e em Montes Claros. Acesse a relação de cursos e vagas que serão oferecidos pela Instituição.

Sisu 2017

As inscrições para o Sisu serão disponibilizadas após a divulgação do Resultado do Enem edição 2016, cuja previsão é 19 de janeiro de 2017.

Sisu 2017 e Notas de Corte da última edição

O prazo para inscrições junto Sisu será liberado após a divulgação do resultado do Enem. Aproveite para verificar:

-As Instituições mais procuradas no Sisu;

-Os cursos que mais receberam inscrições para o Sisu e as respectivas notas de corte;

-As maiores notas de corte para o Curso de Medicina, para o Curso de Direito e Engenharia. Aproveite para verificar as notas de corte para o Prouni e Notas de Corte do Fies Medicina.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.