Como ser engraçado: entenda a importância em alguns casos

14 de julho de 2020

Muitas pessoas, de todas as idades, gêneros e classes sociais, desejam aprender como ser engraçado. Afinal, é inegável que ser capaz de lidar com coisas divertidas e ter um bom senso de humor é uma característica valorizada na sociedade.

Em primeiro lugar, estudos mostram que ser engraçado é um sinal de alta inteligência. Além disso, para os homens heterossexuais, é saber como ser engraçado é essencial para ter sucesso na vida amorosa, já que esse é um dos principais traços valorizados pelas potenciais parceiras. Por isso, se você quer saber como ser engraçado, precisa entender como o humor funciona e qual a importância disso em sua vida. Siga a leitura para saber mais!

Como o humor funciona?

O primeiro passo para entender como ser engraçado é compreender como o humor funciona. Existem diversos estudos e teorias sobre o assunto, algumas desde a época de Platão e Aristóteles, outras mais recentes.

Atualmente, a compreensão sobre o funcionamento do humor tem a ver com conceitos como preparação, subversão, construção de tensão e liberação.

Basicamente, o humor surge, de acordo com os estudos mais recentes, com a preparação de uma situação que leva a construção de tensão. Por exemplo, imagine uma piada tradicional do tipo de Joãozinho.

Ela inicia com a construção da tensão ao preparar a tensão. Por exemplo:

A professora pergunta ao Joãozinho: “Se eu tenho duas mangas em uma mão e duas na outra, o que eu tenho?”.

Repare que a piada começa preparando a situação que constrói tensão. Afinal, o que será que o Joãozinho vai responder?

A resposta é simples: “Mãos grandes, professora”. Preste atenção como a resposta atua de maneira a liberar a tensão construída ao subverter as nossas expectativas. A primeira coisa que esperamos de resposta é que ele diga que ela tem 4 mangas. Afinal, é o que a própria professora espera.

No entanto, o Joãozinho subverte isso ao levar em questão outro elemento que não pensamos, mas que estava subentendido na piada: se a professora é capaz de segurar 4 mangas com as duas mãos, então de fato ela deve ter mãos grandes.

Como ser engraçado pode ajudar na sua vida?

Ter um bom senso de humor não é um dom que algumas pessoas nascem com e outras nascem sem. É, na verdade, um músculo que deve ser desenvolvido com frequência.

Isso pode ser feito ao consultar sites de humor (por exemplo, a piada citada acima foi retirada do Piadas.biz, uma página com milhares de anedotas parecidas) ou simplesmente desenvolvendo a sua criatividade e vendo shows de humor.

No entanto, é importante ter em mente que cada pessoa tem uma personalidade própria que é mais ou menos compatível com um tipo de humor. Por isso, é importante entender quais os tipos de humor que funcionam melhor com você (como piadas clássicas, sarcasmo ou tiradas de duplo sentido) para poder criar um senso de humor compatível.

Em termos de benefícios de ser bem humorado, eles serão sentidos em todas as áreas de sua vida. Tanto no mercado de trabalho, quanto nas relações interpessoais, você sairá beneficiado por desenvolver esse senso de humor.

É claro, no entanto, que é importante ter noção dos limites da relação com as outras pessoas. Nem todos ficam confortáveis com o humor ou gostam do tipo de piadas que você pode fazer.

Para ser bem-visto pelas pessoas, é essencial respeitar o limite do humor de cada um e, caso ultrapasse-o sem querer, peça desculpas e volte ao nível em que as pessoas estão confortáveis.

Se você seguir ultrapassando a linha do que as pessoas se sentem confortáveis, elas não verão isso de maneira confortável e provavelmente você perderá alguns pontos com elas.

E aí, aprendeu como ser engraçado no dia a dia e como usar esses conhecimentos a seu benefício? Então conte pra gente abaixo: qual o tipo de humor que é mais compatível com você?

 

No Comments

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.